CONCEPÇÃO E SENTIDO DO PROJETO

O Projeto de Atendimento Clínico Acessível em Análise Psico-Orgânica foi criado em 2008 e se alicerça em três pilares: atendimento terapêutico, supervisão, e estudo de caso clínico.

O atendimento terapêutico na Clínica Acessível tem por objetivo possibilitarà um maior número de pessoas o acesso à psicoterapia nesta abordagem.

A supervisão faz parte da formação permanente e da ética profissional do psicoterapeuta e perdura durante todo o exercício da profissão. A supervisão dos casos atendidos pelo Projeto visa o acompanhamento, de forma processual, da dupla cliente-terapeuta.

O processo de elaboração da escrita e do estudo de um caso clínico gera reflexões e promove debates que propiciam o aprofundamento da prática clínica na abordagem da Análise Psico-Orgânica, criando discurso a partir da articulação entre a teoria e a prática.

Todo estudo de caso clínico segue a regra ética da garantia do anonimato do cliente.